website statistics

sábado, 4 de julho de 2009

Música das Índias

Hoje ao ver o TOP+ na RTP, vi com algum espanto que a colectânea musical mais vendida actualmente em Portugal é a Música das Índias, editada pela Vidisco.

Digo algum espanto porque é raríssimo vermos passagens de filmes populares indianos na televisão portuguesa, mas o facto é que coincide com a telenovela O Caminho das Índias, transmitida pela SIC, que parece estar a ter um tremendo sucesso.

Talvez demasiado, dirão alguns, uma vez que, goste-se ou não da novela, é indubitável que esta apresenta uma visão romantizada (leia-se "falsa") da Índia onde todos se vestem ricamente, ouvem apenas sucessos de Bollywood e.. falam Português :)

Como eu acredito que esta recente apresentação mediática da cultura popular indiana aos meus conterrâneos possa atrair novos fãs ao cinema indiano e à música indiana em geral, vou agora fazer uma relação entre as faixas deste álbum e os filmes a elas associados. Caso já tenhamos falado do filme em questão, ao clicarmos no título este remete-nos para o nosso artigo. Caso contrário, para a bela da Wikipedia ou da IMDB ;)

Cá vai:

1. Beedi - Filme Omkara
2. Salaam-E-Ishq - Filme Salaam-E-Ishq
3. Kajra re - Filme Bunty aur Babli
4. Nagada nagada - Filme Jab We Met
5. Sajna ve sajna - Filme Chameli
6. Main vari vari - Filme Mangal Pandey
7. Mast kalandar - Filme Heyy Babyy
8. Chori chori gori se - Filme Mela
9. Khikepaan banaras wala - Filme Don
10. Salaam - Filme Umrao Jaan
11. Azeem o shaan shahensh - Filme Jodhaa Akbar
12. Kabhi alvida naa kehna - Filme Kabhi Alvida Naa Kehna
13. Kal ho naa ho - Kal Ho Naa Ho
14. Chandra re (The moon song) - Filme Eklavya - The Royal Guard
15. Kabhi khushi kabhi gham - Filme Kabhi Khushi Kabhi Gham
16. Dhoom dadakka - Filme Dhoom Dadakka

Ufa! Nesta selecção musical há de tudo, desde filmes bons a filmes francamente maus (eu pessoalmente detesto KKKG, o da 15ª faixa).

O vídeo que tem passado na televisão é o da 3ª faixa, onde podemos ver uma verdadeira actuação familiar do clã Bachchan, retirada directamente do filme Bunty aur Babli. Este filme é relativamente fácil de arranjar em Portugal, experimentem perguntar em lojas de artigos indianos ou passar por uma das indicadas no menu lateral.




Eu pessoalmente prefiro Salaam, do excelente filme Umrao Jaan. Este filme foi editado em Portugal pela Dikebarnel, por isso não é muito difícil encontrá-lo. E sim, com legendas em Português. A actriz deste vídeo é Aishwarya Rai e a cantora é a muito popular Alka Yagnik.

Acho que desta selecção, esta é a cena que mais nos dá a conhecer a cultura e a história da Índia, ao apresentar uma actuação de uma cortesã de Lucknow no séc. XIX.

6 comments:

Ibirá Machado disse...

Mas esse álbum são as músicas da novela ou tem músicas a mais? Porque ao menos na seleção do que passa aqui no Brasil não há todas essas músicas que tem aí.

PS: Ainda hoje me assusto com o poder que tem a Rede Globo. Ela não só faz essas novelas que ditam modas, mas também tem a capacidade de eleger e fazer o Impeachment de um presidente (no caso o Collor, o famoso, elegido e "deselegido" pela emissora).

bárbara disse...

Olá, Ibirá!

Esta não é o CD oficial da novela, acho que simplesmente esta editora apanhou a onda ;) Eu não vejo a novela por isso só conheço as músicas daquilo que li no Cinema Indiano mas também percebi que havia umas diferenças.
Aproveitei para falar disto porque como a gente já sabe, à medida que a novela foi aparecendo e crescendo a quantidade de gente interessada em música e filmes indianos explodiu e acho que só agora é que alguns estão a chegar a este blog. É de aproveitar :)

Quanto à Globo, concordo absolutamente. Eu lembro-me de ser adolescente e haver uma novela com uma família cigana (já nem me lembro do nome) e todas as raparigas começarem a usar saias compridas rodadas. Então e O Clone? Foi a loucura do mundo árabe.

Aqui em Portugal há uma série tipo New Wave que já dura há alguns anos que também influencia imenso o modo como os + jovens se vestem, a música que ouvem, etc. Acho um pouco absurdo :s

Mas voltando à Globo, conta-me mais sobre essa questão dos Presidentes. Eu não fazia ideia que a influência da Globo se estendia também à política :o)

Gori disse...

Poxa, eu até que gosto do KKG.

Anyway, é impressionante mesmo como a televisão dita modas. Especialmente quando chega a todas as camadas sociais.

Por falar em monopólio da Globo, lembrei de um documentário (antigo e imagino que muitos já assistiram) chamado "Além do Cidadão Kane" que fala sobre a emissora Globo e o seu 'alcance'.
Link: http://video.google.com/videoplay?docid=-570340003958234038&ei=-KxQSsixCpWj-AapuKyKDA&q=globo

:)

bárbara disse...

Já estamos a ver o documentário! Obrigada, Gori :)

Ibirá Machado disse...

Pois eu ia bem dizer desse documentário que explica muito bem a Globo e Goriji antecipou-se! :)

Se me lembro bem nele fala do Collor e cia. Hoje a Globo já não tem mais esse poder todo, mas ainda surpreende.

E sobre a novela dos ciganos (Explode Coração) e O Clone, ambas foram feitas pela mesma autora que esta novela de agora, Caminhos das Índias. É bizarro, mas Glória Perez tem essa capacidade de escrever coisas que mesclam culturas e com isso conquistar o público e ditar tendências.

Ibirá Machado disse...

Aaah sim, e a gente super agradece à Glória Perez por encher nossos blogs de leitores! :D

Related Posts with Thumbnails
 
Template by suckmylolly.com - background image by mjmj lemmens