segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Dança clássica indiana Kathak no Museu Nacional de Etnologia


Na próxima 5.ª feira à noite, no dia 23 de Setembro, o auditório do Museu Nacional de Etnologia recebe um espectáculo de dança clássica indiana Kathak, protagonizado por Lajja Sambhavnath acompanhada por um grupo de dançarinas (da Comunidade Hindu de Portugal).


Neste dia as portas do museu mantêm-se abertas após as 18h, e o ingresso tem um desconto de 50%. O público pode visitar as exposições temporárias, nomeadamente Pinturas Cantadas: arte e peformance das mulheres de Naya (que encerra no dia 26 de Setembro), e às 21h participar na demonstração de pintura de mãos com henna que tem lugar no hall principal.
Esta data encerra a 3.ª edição da iniciativa 5.ªs à Noite nos Museus – um projecto promovido pelo Instituto dos Museus e da Conservação e pelo Turismo de Lisboa.

Lotação do auditório – 160 lugares (sem marcação prévia / entrada por ordem de chegada)
Valor do bilhete – Ingresso do Museu (desconto de 50% depois das 18h - valor até 1,5€)
Duração do espectáculo – 1h (com intervalo de 10 min.)

EXPOSIÇÕES PATENTES
Pinturas Cantadas: arte e performance das mulheres de Naya – Encerra dia 26 de Setembro
Pinturas realizadas pelas mulheres das comunidades Patua, da aldeia de Naya, do Estado de Bengala na Índia. As pinturas são feitas em folhas de papel justapostas, coladas em tecido, e os temas tanto retomam o reportório das tradições orais da comunidade como das mudanças sociais e políticas e acontecimentos que marcam a vida da aldeia, do país e do mundo.

Exercício de Inventário: a propósito de duas doações de olaria portuguesa
Esta exposição dá a conhecer duas colecções sistemáticas de cerâmica portuguesas que foram doadas ao MNE, uma pelo Professor e investigador alemão Werner Tobias e outra pelos Professores Manuel Durão e Maria Helena Lemos. Em paralelo a exposição trata também dos processos de incorporação e de inventário das colecções dentro do Museu.

OUTROS SERVIÇOS
Loja / Livraria – aberta até às 22h.
Cafetaria – aberta até às 23h.
Parque de estacionamento – gratuito, aberto até às 24h.

4 comments:

Anônimo disse...

Boas!

Antes demais, parabéns pelo blog! Além de me permitir aumentar mais os meus míseros conhecimentos sobre o cinema indiano, me fez perceber que afinal em Portugal a cultura indiana ainda se vai se conseguindo manifestar publicamente, de várias maneiras. Espero que bem mais, no futuro.

Segundo, não sei se já sabe da apresentação que vai ocorrer no Barreiro do documentário "Bénarès, Musiques du Gange". Encontrei entre as notícias, via net, por acaso, o quê e quem marcará presença no Out.Fest 2010. Depois Pesquisei um bocado, encontrei a programação e entre as datas, "12/Out, Clube Naval Barreirense, 21h30, Cinema: Bénarès, Musiques du Gange + Música: Stellar OM Source". Se já conhecia a informação, esqueça. Se não, qual a sua opinião?

Atenciosamente,
Ana Sousa

barbie-o disse...

Olá, olá!

Bem-vinda! Obrigada pela dica, estou neste momento a tentar ver mais informações para poder publicá-las. Digo tentar porque a minha ligação à internet está cada vez mais lenta :(
Vamos ver se consigo!

Obrigada!

Ana Sousa disse...

De nada!

Agradeço muito as informações que encontraste e que igualmente partilhas no blog. O tema parece-me bastante interessante.

E boa sorte com a chata da net!!!=)

P.s: Espero estar a dar uma nova sugestão: O filme "Dharm" de Bhavna Talwar. Mais um filme cujo o tema fulcral é a tolerância. O filme é extremamente emocionante e excelente para os tempos que correm. Aviso - ler a sinopse pode "spoilar" o filme.

Não percebo mesmo como os filmes indianos não fazem mas sucesso por aqui.=(

Anônimo disse...

*mais sucesso

Related Posts with Thumbnails
 
Template by suckmylolly.com - background image by mjmj lemmens